(31)2535 1554 | secretaria@cimbh.com.br

Vaieshev

Rabino Uri Lam

Jacob estabeleceu-se em Canaã. Entre seus filhos, amava mais a José e para ele fez uma túnica diferenciada; os irmãos o odiavam. José, o sonhador, contou aos irmãos seu primeiro sonho: ao atarem feixes no campo, os feixes dos irmãos se curvavam diante do seu. Os irmãos passaram a odiá-lo mais. No segundo sonho, o sol, a luz e as estrelas se curvavam diante dele. Quando José foi ao campo, a mando do pai, ver como estavam os irmãos, estes tramaram matá-lo. Ruben, porém, achou melhor jogá-lo num poço – pensando em, mais tarde, devolvê-lo ao pai. Mas Judá convenceu os irmãos a venderem José para mercadores ismaelitas a caminho do Egito. Para Jacob, apresentaram a túnica de José ensanguentada; chocado, Jacob enlutou-se por muitos dias. Já no Egito, José foi adquirido por Potifar, oficial do Faraó. Acusado de assediar sua esposa, acabou na prisão, onde passou a interpretar os sonhos dos prisioneiros: primeiro do copeiro do rei, depois do padeiro do rei, acusados de tentar matar o Faraó. José interpretou corretamente os sonhos de ambos – mas continuou esquecido na prisão.